05/11/2011

Little Red Riding Hood



Era uma vez...
Bom, numa tarde de 1919, uma rapariguita de 14 anos chamada Aka, estava a aprender a cozinhar com a sua mãe.

Ela acabara de aprender a fazer um delicioso bolo de chocolate.
A mãe da Aka, deu a ideia de ela ir dar o bolo à sua avó, como ela estava doente e fraca não conseguia cozinhar.

Mãe: Assim podias partilhar este bolo com a tua avó. Já que eu lhe ia levar o jantar e o almoço de amanhã, podes levar tu e levas também o bolo. Mas não fiques lá muito tempo! Quero que venhas para casa antes de anoitecer.

Aka: Está bem... eu vou!

Mãe: Não vás pela floresta! Vai antes pela cidade. Aproveita e vê se o nosso vizinho te pode dar boleia, sabes, aquele rapaz simpático que gosta muito de ti. E ele tem um cavalo novo, ouvi dizer que é muito bonito e todo branco.

Aka: Sim mãe...

Aka veste o seu capucho comprido e vermelho, ata os seus longos cabelos loiros em duas tranças, e sai porta fora. 
Olhou para a casa vizinha, mas teve vergonha de ir falar com o tal rapaz como a mãe aconselhara.

Aka: *pensa* Ir pela cidade é melhor não... o caminho é muito comprido, vou pela floresta, é mais perto e não me aparece ninguém á frente, aquilo é como um deserto, mas mais florido.

A Aka anda lentamente pelo caminho de terra batida, com relva fresca e flores de várias cores.
Apanha várias flores e faz um ramo para oferecer à avó, como fazia quando era mais nova.
De repente... viu qualquer coisa a passar com muita velocidade pela sua frente!

Aka: *pensa* O que seria? Uma cobra não era de certeza... era cinzento e peludo! Um cachorrinho? Oh que fofo! Quero ver! Talvez possa ficar com ele!

A rapariga aproxima-se lentamente do arbusto,  começa a afastar as folhas e os ramos, mas não vê nada...
Levanta-se então, e continua o seu caminho... já que não podia ter um cachorrinho, paciência... um dia havia de ter um!
Passado um pouco volta a passar algo muito rapidamente na sua frente, mas novamente não conseguiu ver o que era...
Decide então dar mais uns passos, mas desta vez concentrada no seu redor e o que passa-se na sua frente ela iria apanhar tal e qual como o seu professor de "tai-chi" a ensinara!
Deu um passo, depois outro... semi-serrou os olhos, e "ZÁS"! Agarrou!!

Aka: *grita* Ahh!

Pousa a coisa no chão e este foge...
Fica paralisada e começa a pensar...

Aka: *pensa* Mas... o que... aquilo era um lobo? Ou um homem? Aquilo... tenho de descobrir!

Dá uns passos para a frente, senta-se no chão, pousa o cesto com a comida e as flores, tira o capucho da cabeça, e diz:

Aka: Gostava de saber o que tu és... eu não te faço mal... poderias aparecer e aproximar-te para eu te ver?

Urufu: Não! Tu não me fazes mal, é verdade, não tens força suficiente, mas quem te diz que eu não te farei mal?

Aka: Tu falas! Mas onde estás? Por favor aparece! Sei que não me farás mal...

Urufu: Como podes ter a certeza, se nem eu tenho?

Aka: Vá-lá deixa-me ver-te! Sei que não me farás mal... Por favor, aproxima-te de mim...

Pelas costas da Aka, Urufu apróxima-se, e tentando pregar-lhe um susto toca-lhe no ombro, mas sem êxito.
Aka, nas calmas vira-se para ele e dá-lhe um abraço!

Aka: Ai que fofo que és!

Urufu: Espera... ai estás a esmagar-me!

Aka larga Urufu, mas continua com a mão no pêlo dele...
Com um grande sorriso, começa a tocar nas orelhas dele.

Aka: Tens orelhas de cão! Tão fofo! E tens a maior parte do corpo coberta de pêlo! Tu és muito fofo mesmo!

Urufu: Não são orelhas de cão... são orelhas de lobo! Sou um lobo... na verdade, sou uma espécie de lobisomem. Já vis-te como são os meus olhos? São diferentes dos teus...

Aka: Pois são! São grandes e são verdes! Que lindos!

Urufu: E já vis-te o tamanho dos meus dentes? São enormes! Como os dos lobos... cabes cá tu inteira na minha boca, sabias?

Aka: Hahaha! Tu não serias capaz de me comer...

Urufu pega na Aka ao colo e corre com ela nos seus braços, corre, corre, corre, e pára dentro de uma gruta.
Calmamente pousa a rapariga no chão e fixa o olhar nos olhos dela...

Aka: Para que me trouxeste aqui?

Urufu: Estás com medo, não é? Estás com medo que eu te mate...

Aka: Não.. estou com medo de me perder, porque deveria estar na casa da minha avó, e deveria chegar a casa antes de anoitecer...

Urufu: Tarde demais, já não podes voltar para casa... agora que sabes o que eu sou, não podes voltar.

Aka: Quê?! Como assim? Vais manter-me aqui para sempre? Até ao fim dos meus dias?

Urufu: Não podes voltar... se ficares de livre vontade eu não precisarei de te prender, mas se tentares fugir acorrentar-te-ei como os da tua raça fazem aos cães selvagens!

(...Continua...)

12 comentários:

  1. Bom, isto não é nenhum anime XD
    Fui eu que escrevi^^
    E espero que gostem =b
    Mesmo ainda não estando acabada...
    Esperem pelo fim^^

    ResponderExcluir
  2. Tão fofi a história!
    QUERO SABER O RESTO! OBRIGO-TE A DIZER-ME! PERCEBEU?
    Hahah A sério, linda a história *-*

    ResponderExcluir
  3. Hahaha XD
    Oki Katt ^^
    Amanhã ou depois vês o resto =b

    Kissus!

    ResponderExcluir
  4. Ta tão fofi!
    Amei Bunny muitos parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Aqui esta o tal pedido de design para o meu novo blog!

    O blog chamarse-a Bad Influencie(inspirado na bolsa da escola da Bia-san xD) e queria que o design fosse com a Luka de Vocaloid que achas podes fazer?

    ResponderExcluir
  6. Lindoooooooooooooooooo*-*
    maravilhoso, quero saber o resto *-*
    Bjs, Bia

    ResponderExcluir
  7. Bigada meninas! ^^
    Ainda bem que gostaram *ufah*
    =b

    Kissu kissu!

    ResponderExcluir
  8. Qui lindo!
    Tens jeitinho Bunny!
    Queria saber o resto!
    Parabens...

    ResponderExcluir
  9. O que eu escrevo não assusta tanto... meu rosto assusta mas isso é outros quinhentos! kkkkkkkkk Você poderia ter colocado a foto sei lá... da Nanase Aikawa, da Tsukiko Amano, ou quem sabe a Angelina Jolie! Mas beleza.
    Muito kawaii esse seu continho kkkkkk até mais

    ResponderExcluir
  10. Owwww q lgl bunny-chan \o/ adorei (quem sabe vc vira mangaka quando crescer?) tem um selo pra vc la no meu blog ^^

    ResponderExcluir
  11. Hahahaha XD
    Obrigada pessoal^^
    Mangaka não dá pra eu ser.. nao sei desenhar bem ^^"
    Mas escritora eu gostava de ser^^
    É a profissão que pretendo ter^^

    ResponderExcluir
  12. Tou anciosa para saber o resto a história tá super kawaii!!Não sabia que tinhas tanto jeito para escrita...Amei mesmo!!
    Contiua assim que vais ter futuro vou ser uma das primeiras a comprar os teu livros!!XD

    Xau kisses

    ResponderExcluir

Se queres comentar:
☾ Nada de palavras indecentes!
☾ Se eu te conhecer, no comentário anónimo podes assinar no fim, por favor?^^
☾ Se quiseres falar comigo no msn podes adicionar:
bunnytsukino5@hotmail.com
☾ Diverte-te e comenta sempre que quiseres!

©